País de Gales | A viagem da mudança

Viajar é transformador. Em 2014, quando larguei o meu Portugal e me mudei para Inglaterra, decidi que iria construir a minha nova vida com condimentos essenciais à felicidade. Um deles, imprescindível, seria Viajar. Comecei o percurso pelo meu novo Lar: viajei até Cambridge - viagem com impacto profundo, que me permitiu  transformar o peso entranhado... Continue Reading →

Anúncios

Criminosos dos livros

Um livro não é um objecto comum - é uma peça de arte. Como tal, deve ser acarinhado, protegido. Porém, nem toda a gente pensa assim e, insensíveis, atentam contra a sua integridade.  (criminosos!) Há em particular, dois crimes cometidos contra livros que me perturbam: Dobrar as páginas; Sublinhar o livro. Dobrar as páginas Noutro... Continue Reading →

O que me Inspira | Flume & Ched Faker

Não escrevo sem ouvir música, um acto é inseparável do outro. A cada história nova anseio sentires novos; cada música, se inspiradora, afecta-me de maneira diferente. A que vos trago hoje foi sugestão do Youtube e foi a melhor oferenda que tive. Na altura escrevia o meu segundo romance (publicado brevemente) e precisava de um... Continue Reading →

A semana nos Bastidores | #11

Começo este artigo partilhando a decisão de alterar a periodicidade da categoria "A semana nos Bastidores" de semanal para mensal. Nestas 11 semanas de blog, o percurso de autopublicação do meu romance teve uma evolução constante pelo que mereceu divulgação. Porém, agora que está prestes a ser publicado (!), não há razão para manter uma... Continue Reading →

Autopublicação | O dilema do romance em publicação e a perfeição do engavetado

Ontem recebi novo exemplar-prova do meu livro, com as correcções e melhoramentos: formatação, capa e alguns detalhes de conteúdo. A sensação de conquista foi a mesma que a primeira vez, a gargalhada de felicidade ,semelhante. Estou feliz e orgulhosa do meu percurso e deste ponto de chegada - que é apenas uma meta, não um... Continue Reading →

Ser-viajante | fim-de-semana com elas

Desde que me tornei ser-viajante que me aventuro sozinha, adoro! *eu e a minha mochila* Porém, em Abril, a ressacar uma viagem (a última tinha sido há 2 meses, Islândia), apeteceu-me algo diferente: apeteceu-me um programa de gajas. Assim, desencaminhei a gang feminina e alinhámos num fim de semana: eu e as amigas C. e... Continue Reading →

A semana nos Bastidores | #10

Mais uma semana muito produtiva aqui pelos Bastidores, desenvolvi trabalho em várias frentes: Romance em pré-publicação Recebido o exemplar, corrigi os devidos ajustes: reduzi a formatação dos parágrafos e da fonte e pedi ao amigo L. para dar uns retoques na capa e contracapa. Consequentemente e porque a paginação diminuiu, a lombada também teve de ser... Continue Reading →

O que me inspira | Nick Cave

Ship song de Nick Cave é uma música marcante na minha vida. Pela sua (inegável) beleza e profundidade mas, acima de tudo, pela fase que musicou: tristeza de perda, felicidade em construção - pequenos passos de cada vez -, lágrimas choradas mas, também, sorrisos oferecidos (a mim própria). Se esta canção falasse contaria que foi... Continue Reading →

Uma coisa chamada Poema

Desconheço se existe "gene da escrita". O meu pai era escritor. Dedicou a sua vida profissional ao mundo da publicidade e em paralelo escrevia crónicas e artigos para jornais regionais. Era também um poeta - com um pequeno livro publicado e, talvez, com poemas e textos guardados num recanto (secreto). *herdei tanto de ti* Eu... Continue Reading →

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: